O sal é um importante elemento de nossa dieta e faz parte da alimentação diária. Presente em grande parte dos alimentos ajuda a manter o bom funcionamento do organismo ao equilibrar a quantidade de água nas células, além de outros benefícios já estudados pela ciência. Portanto, mais do que trazer sabor, trata-se de algo essencial na dieta, mas que também pode ser um grande vilão.

O consumo do sal quando em excesso, pode trazer desequilíbrios e graves consequências, que vão desde um simples inchaço até o aumento excessivo da pressão arterial, que pode levar à morte através de um infarto ou AVC – acidente vascular cerebral. Os rins também sofrem com o sal em excesso e podem aparecer graves problemas nestes órgãos tão importantes para a filtragem do sangue.

Para pessoas que há sofrem de pressão alta ou diabetes, o sal é um perigo ainda maior e pode causar danos de forma mais rápida do que em pessoas saudáveis. Portanto, o ideal é consumir o sal sim, mas com mais cuidado e responsabilidade.

Qual a quantidade de sal ideal?

Segundo a Organização Mundial da Saúde, o consumo diário do sal não pode ultrapassar 5 gramas por dia, por pessoa. Isso porque esta quantidade de sal contém cerca de 2 gramas de sódio, que é o verdadeiro causador de tanto mal. O problema é que segundo a mesma organização, as pessoas estão consumindo mais do que o dobro do que esta quantidade, chegando a cerca de 12 gramas por dia!

Você deve estar pensando que isso é um exagero e que provavelmente não consome esta quantidade toda de sal em um dia só. Acontece que nem sempre sabemos a quantidade de sódio presente nos alimentos industrializados que consumimos e por isso podemos estar correndo riscos sem ter a mínima ideia.

E não é só nos alimentos salgados que ele está presente. A maioria dos doces, bolos, biscoitos, pudins e até sucos prontos, contém uma quantidade de sódio extremamente alta, colocada lá pela indústria para melhorar o sabor e ajudar a mantê-los por mais tempo. 

Então chegou a hora de cuidar mais da sua saúde e começar a tomar cuidado com a ingestão de alimentos industrializados e ricos em sódio. Quer saber como começar?

Para diminuir o consumo do sal, comece com atitudes simples. Evite acrescentar sal em alimentos já preparados, ao cozinhar, prefira outros temperos naturais, como a salsinha, a pimenta e a cebola, e fuja de misturas prontas compradas em supermercados no seu cotidiano.

Ao consumir alimentos industrializados, sejam doces ou salgados, avalie sempre o rótulo e prefira as opções com a menor quantidade de sódio possível e sempre que puder, prefira consumir alimentos frescos, feitos em casa e sem adição de conservantes ou temperos comprados. 

E não é preciso cortar o sal de sua dieta, somente evitar o consumo exagerado, que é realmente prejudicial. Com estes cuidados simples, vai ser capaz de conquistar uma vida muito mais saudável, um equilibrada e vai diminuir drasticamente os riscos de aumento da pressão arterial, problemas nos rins e outros males causados pelo excesso de sódio no organismo.