Sabemos que há diversas indicações nutricionais sobre comer bem. E uma delas é relacionada a comer a cada três horas para garantir saciedade e evitar de estar com muita fome na hora das refeições principais. Entretanto, nem todos sabem o que comer para garantir que está ingerindo algo saudável.

Todas as refeições são de extrema importância tanto para não passarmos fome quanto para contribuir com o funcionamento do organismo. Porém, o segredo da boa alimentação está no almoço: é nesse momento em que devemos nos alimentar da melhor maneira possível. 

Ele não é a primeira refeição mais importante do dia, porque este é o papel do café da manhã. Entretanto, por mais que você tome um café reforçado, não pode cogitar a hipótese de pular o almoço. Esse é o momento de repor todas as energias para continuar realizando as atividades normalmente durante o dia.

É muito comum que as pessoas cometam excessos durante a noite e comam besteiras ou alimentos considerados pesados demais. Isso ocorre na maioria das vezes porque o almoço foi deixado de lado: a refeição foi feita de maneira rápida, a pessoa comeu pouco ou nem sequer almoçou.

Os alimentos

No almoço, é possível ingerir uma grande diversidade de nutrientes, já que são muitos alimentos juntos. É comum que estejam presentes vitaminas e minerais (nas verduras e legumes), proteínas (carnes e alimentos leguminosos), carboidratos (massas e arroz) e gorduras (óleo utilizado no preparo dos alimentos).

Se os alimentos ingeridos no almoço forem bem escolhidos, eles contribuíram com o organismo de maneira a aumentar a saciedade. Além disso, se a refeição for nutricionalmente adequada, ela irá fornecer poucas calorias e, de quebra, ajudar na perda e no controle de peso.

Nutricionistas recomendam que a refeição adequada é aquela em que o seu preparo é o mais simples possível. No caso dos legumes, por exemplo, o ideal é que sejam cozidos. Já as carnes são melhores se forem grelhadas e não fritas, à parmegiana ou à milanesa. Arroz e feijão, a dupla favorita dos brasileiros, não podem faltar. Ao invés de temperar as verduras com vinagrete, opte por azeite ou limão, que são mais saudáveis.

Para acompanhar a refeição, evite o refrigerante e tome um suco de frutas natural. A sobremesa também não pode ficar de fora. O mais recomendado pelos profissionais da saúde é escolher uma fruta mais apetitosa da estação. Assim você foge de ingerir doces e outras opções extremamente calóricas.

Dica de ouro

Se você trabalha, estuda ou tem compromissos durante o dia todo e precisa almoçar fora de casa, sabemos que é difícil comer bem e de maneira saudável gastando pouco. Mas uma dica simples pode resolver esse problema: procure um restaurante que sirva uma variedade grande e faça contato com o proprietário ou o chef de cozinha, para ver como é o processo de escolha dos alimentos e de que forma eles são feitos. Não esqueça de pedir um descontinho se você resolver virar cliente. rsrs.